Apresentação

A proposta de autoavaliação da FACIT é uma oportunidade ímpar de aprendizagem organizacional que busca promover a melhoria da qualidade acadêmica e o desenvolvimento institucional e social, consolidando a cultura de avaliação, atendendo às demandas do mundo do trabalho e da sociedade, em conformidade com as determinações da legislação vigente.

A Comissão Própria de Avaliação da FACIT realiza o processo de autoavaliação da Instituição, com base nos princípios do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). O objetivo da autoavaliação é identificar as condições do ensino, da pesquisa, da extensão e da gestão, suas potencialidades e fragilidades. Os resultados do processo de autoavaliação, consolidados em um relatório, representam importante subsídio para que a instituição execute ações para corrigir as fragilidades e manter as potencialidades identificadas, com vistas à melhoria da sua qualidade.

Foi criada obedecendo as diretrizes de participação igualitária de todos os segmentos da comunidade acadêmica e da sociedade civil. A Instituição busca o envolvimento da comunidade acadêmica na construção da proposta avaliativa por meio da realização de reuniões, palestras, seminários, entre outros. O processo de avaliação na FACIT visa a constante melhoria da qualidade de ensino e acontece de forma continuada e é apoiada em múltiplos critérios. A Coordenação de Autoavaliação é responsável pelas avaliações, junto à comunidade interna e externa.

É um processo contínuo por meio do qual a FACIT constrói conhecimento sobre a sua própria realidade, buscando compreender os significados do conjunto de suas atividades para melhorar a qualidade educativa e alcançar maior relevância social. Para tanto, sistematiza informações, analisa coletivamente os significados de suas realizações, desvenda formas de organização, administração e ação, identifica pontos fracos, bem como pontos fortes e potencialidades, e estabelece estratégias de superação de problemas. É, portanto, um processo cíclico, criativo e inovador de análise, interpretação e síntese das dimensões que definem a Instituição.

A FACIT baseou-se na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, nas Diretrizes Curriculares dos Cursos (DCNs) e no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) para as orientações e instrumentos propostos na avaliação orientando seu processo de autoavaliação tendo em vista as dimensões avaliativas definidas.

Faculdade de Ciência e Tecnologia

Desenvolvido por Edson Dota