História

Incubadora de Empresas

Entende-se por incubadora de empresas, o espaço físico - com infraestrutura técnica e operacional associada - especialmente configurado para transformar ideias em produtos, processos ou serviços. Trata-se de um núcleo, que abriga, usualmente, microempresas de base tecnológica e/ou gerencial.

Neste caso, pode-se ainda inferir que consiste em um espaço comum, subdividido em módulos, que costuma localizar-se próximo a universidades ou institutos de pesquisas para que as empresas se beneficiem dos laboratórios e recursos humanos dessas instituições. A incubadora proporciona também, a preços inferiores aos de mercado, serviços de consultoria especializada, orientação fiscal, contábil e administrativa.

O surgimento dos primeiros parques e incubadoras tecnológicas no mundo remontam ainda da década de 40, quando junto à Universidade de Standford - Califórnia, começaram a aparecer os primeiros mecanismos de estímulos e apoio a criação, desenvolvimento e interação ambiental de empreendimentos de base. A partir de então, o número de incubadoras e mecanismos associados elevou-se bastante. No Brasil, segundo a ANPROTEC existiam, em 2002, 183 incubadoras.

A partir desta realidade, na segunda metade de 1990, foi criado na Coordenação de Programas de Pós-Graduação de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE-UFRJ), a primeira Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares. Atualmente existem diversas. Desde então, outras incubadoras deste tipo vêm sendo instaladas dentro das Universidades brasileiras.

Nascem num momento em que são crescentes os processos de precarização do trabalho e quase nada se conhece ou foi desenvolvido sobre o movimento cooperativista, em particular no Rio de Janeiro.

Estas incubadoras têm como proposta colocar os recursos humanos e conhecimentos da universidade na formação e assessoria de trabalhadores, organizados em cooperativas e associações, no sentido de propiciar sua inclusão no mercado de trabalho.

A incubadora de empresa é, geralmente, formada e consolidada por uma parceria de entidades acadêmicas, governamentais e empresariais.

INCET - Incubadora de Empresas de Base Tecnológica

A INCET é um programa da Fundação Educacional Montes Claros – FEMC – destinado a estimular a criação de empresas baseadas em tecnologia, sob a forma de incubadora.

O projeto, idealizado em março de 1999, surgiu da iniciativa de um grupo de professores da Escola Técnica com o apoio técnico da unidade regional do SEBRAE em Montes Claros, culminando com a assinatura do Convênio entre as partes.

Em 2001 teve-se a implantação da INCET, nas dependências da FEMC, que disponibiliza toda a sua estrutura física, técnica e gerencial fazendo parte da sua estrutura organizacional, no apoio ao desenvolvimento empreendedor regional.

Escola Técnica

Desenvolvido por Edson & Diego
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras